segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Mensagem da Semana: O caminho da loucura

Quase todos os seres humanos possuem uma característica típica da esquizofrenia: fazerem continuamente as mesmas coisas e ficar à espera de resultados diferentes.
Todas as pessoas querem vidas melhores, mais saúde, melhores relacionamentos, mais abundância financeira...

Mas... dia após dia fazem exatamente as mesmas coisas! À espera de um milagre. Que nunca irá acontecer! Porque são loucas... Porque acreditam que vão mudar de vida sem mudar. Porque se meditarem o suficiente serão abençoadas com milhares de coisas boas, sem necessidade de mudar o que quer que seja.

Já reparou que à sua volta, na natureza, nada permanece constante? Tudo muda continuamente. E no entanto, você... que quer mudanças na sua vida, está a espera que elas ocorram sem mudar.

Bem vindo à insanidade! A maior parte das pessoas tem um sonho e faz planos para o manifestar e medita. E acredita na Lei da Atração e até é capaz de escrever alguma coisa e esperar que as pessoas à sua volta comecem a mudar...

E nada acontece... Porque a mudança tem que começar dentro de cada um primeiro! Tudo começa com os rótulos que colocamos sobre cada experiência do nosso cotidiano. Qualquer experiência sua é sempre uma aprendizagem.

O "bom" e o "mau" é apenas um rótulo que você decide colocar. Quando sentir que a experiência merece um rótulo "negativo" aprenda, antes de colocar o rótulo, a afirmar algo como "não sei de que forma esta experiência é boa pra mim, MAS É!" Quanto mais negativo for aquilo que tenho pra dizer, mais demoro pra dizer.

É uma técnica ensinada por D. Juan, dissolver a negatividade para dar poder à divindade. Ame cada experiência se quer atrair experiências melhores. E lembre-se que jamais passará por uma experiência "dramática", a menos que esteja preparado para ela.

"Quem vive no presente com olhos no passado descobrirá que não tem futuro."

"Insanidade é fazer repetidamente as mesmas coisas e esperar resultados diferentes." Pare de se queixar para que esse tema se dissolva. Agradeça mais! Reclame menos!

A graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo seja com todos vós. Amém. 2 Coríntios 13:14.

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Mensagem da Semana: Manter a Fé

Um homem tinha tudo o que sempre quis e imaginou ter na vida. Seus sonhos eram realizados, sua família muito grande e bonita e os seus bens não paravam de crescer. Ele possuía tudo e sua saúde também era inabalável.

Um dia, porém, como uma desgraça repentina, este homem perdeu absolutamente tudo. Ficou na miséria e ainda teve a saúde afetada por uma doença terrível. Ele ficou praticamente só, caído, desanimado e desejando até mesmo a própria morte.

Apesar da atualidade do fato, este caso ocorreu há milhares de anos com um homem chamado Jó. Esse personagem está descrito na Bíblia como uma pessoa justa e reta diante de Deus e que procurava se desviar do que manchava a sua fé (Leia Jó 1:8). No entanto, isso não foi suficiente para mantê-lo longe da tristeza que lhe abateu nem da falta de esperança que se aproximava cada vez mais forte.

Houve situações em que ele lamentava e chorava, em outras amaldiçoava o dia em que nasceu, lembrava-se do período em que era rico e feliz ao lado da família e afligiu-se tanto até que finalmente perdeu a esperança na vida, mas escolheu mantê-la.

Se ocorresse de Jó se matar, o caso dele seria mais um (como acontece em nossos dias) de pessoas que, por perderem tudo, ou por causa de traição e decepção, ou mesmo por uma falta de sentido à vida, não conseguem mais manter a fé, nem em Deus nem em si mesmas, e que por isso escolhem acabar com ela.

Jó, porém, não perdeu a fé. E, apesar de tanto sofrimento, a proclamou quando disse: “Porque eu sei que o meu Redentor vive e por fim se levantará sobre a terra. Depois, revestido este meu corpo da minha pele, em minha carne verei a Deus” (Jó 19:25-26)

Qual é a situação em que você se encontra no momento? A falta de esperança tem lhe tirado o sono e lhe trazido peso? Como voltar a ter fé, mesmo em um momento de desespero e angústia?

Faça como Jó: declare a sua fé e clame ao mesmo Deus que o tirou do pó e lhe restituiu tudo o que havia perdido, principalmente, a paz.

A graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo seja com todos vós. Amém. 2 Coríntios 13:14.

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Mensagem da Semana: Não desista nunca!

Um homem investe tudo o que tem numa pequena oficina. Trabalha dia e noite, dormindo apenas quatro horas por dia. Dorme ali mesmo, entre um pequeno torno e algumas ferramentas espalhadas.

Para poder continuar seus negócios, empenha sua casa e as jóias da esposa.

Quando, finalmente, apresenta o resultado de seu trabalho a uma grande empresa, recebe a resposta que seu produto não atende o padrão de qualidade exigido.

O homem desiste? Não! Volta à escola por mais dois anos, sendo vítima da chacota de seus colegas e de alguns professores, que o chamam de "louco".

O homem fica ofendido? Não! Dois anos depois de haver concluído o curso de Qualidade, a empresa que o recusara finalmente fecha contrato com ele.

Seis meses depois, vem a guerra. Sua fábrica é bombardeada duas vezes. O homem se desespera e desiste? Não! Reconstrói sua fábrica, mas um terremoto novamente a arrasa.

Você pensará, é claro: bom, agora sim, ele desiste! Mais uma vez, não!

Imediatamente após a guerra há uma escassez de gasolina em todo o país e este homem não pode sair de automóvel nem para comprar alimentos para sua família.

Ele entra em pânico e decide não mais continuar seus propósitos? Não!

Criativo, ele adapta um pequeno motor à sua bicicleta e sai às ruas. Os vizinhos ficam maravilhados e todos querem as chamadas "bicicletas motorizadas".
A demanda por motores aumenta e logo ele não conseguiria atender todos os pedidos! Decide montar uma fábrica para a novíssima invenção. Como não tem capital, resolve pedir ajuda para mais de quinze mil lojas espalhadas pelo país. Como a idéia parece excelente, consegue ajuda de 3.500 lojas, as quais lhe adiantam uma pequena quantidade de dinheiro...

Hoje, a Honda Corporation é um dos maiores impérios da indústria automobilística! Esta conquista foi possível porque o Sr. Soichiro Honda, o homem de nossa história, não se deixou abater pelos terríveis obstáculos que encontrou pela frente.

Em nossas vidas... Quantos de nós, desistimos por muito menos?
Quantas vezes o fazemos antes de enfrentar minúsculos problemas?
Todas as coisas são possíveis, quando sustentadas por um sonho e valores consistentes.

Tome a decisão de um vencedor... Jamais desista!!!

Vai desistir??? Pense bem!!!!

A graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo seja com todos vós. Amém. 2 Coríntios 13:14.

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Mensagem do dia: Condições para uma Família abençoada

Para se ter uma família abençoada e feliz, necessariamente é preciso ter um lar que dê condições para isso. O lar não é apenas uma casa, alguém pode não ter uma casa própria, e ter um lar abençoado por Deus onde reina o amor. Para que haja uma família feliz são necessárias, pelo menos, as seguintes condições no lar:

1 - HARMONIA:
Só há harmonia quando pai, mãe e filhos vivem em união.


2 - AMOR:
Havendo amor, todos os conflitos são plenamente resolvidos, o verdadeiro amor é uma força viva e dinâmica.
O amor é um elo forte de sustentação da família, pois o que ama "tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta".

3 - AJUDA MÚTUA:
A vida tornou-se uma constante luta por causa do pecado, e as pessoas precisam de pontos de apoio para serem vencedoras. A família é a base desse apoio, para todas as áreas da vida, tanto espiritual, moral, emocional, profissional, etc.

4 - PERDÃO:
É uma ferramenta fundamental para ajudar na solução de conflitos familiares, tão importante que Deus só nos perdoa se perdoarmos a quem nos ofende. Se somos os ofensores, devemos pedir perdão, se somos ofendidos devemos perdoar.

Matheus 6-14-15: Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós;
Se, porém, não perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai vos não perdoará as vossas ofensas.

5 - PRESENÇA DE DEUS:
O Lar de uma família deve ser um ambiente propicio à presença de Deus.
É maravilhoso sentir que Deus habita em nosso lar.

A graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo seja com todos vós. Amém. 2 Coríntios 13:14.

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Mensagem do dia: Família a primeira célula da sociedade

Deus poderia ter escolhido outras maneiras para que Jesus viesse ao mundo. Mas Ele, na sua infinita sabedoria, escolheu a maneira mais simples: através de uma família.

A família é, no propósito de Deus, uma bênção. Quando a criação estava terminada, Ele ainda achou que faltava alguma coisa. E, olhando para Adão, disse: "Não é bom que o homem esteja só." Assim criou Deus a mulher e a uniu ao homem.Desde então, a primeira célula da sociedade estava colocada.

Mas, infelizmente, as pessoas se esqueceram dos verdadeiros princípios para se ter uma vida de família feliz. Eu costumo dizer, e penso, que todos os ensinamentos básicos para uma vida equilibrada estão dentro da Bíblia. E aqui ainda, vemos que Deus disse com sabedoria ainda não compreendida por muitos: "E deixará o homem seu pai e sua mãe e se unirá à sua mulher." Quando ele disse "deixará" queria dizer para o homem desligar-se, separar-se e criar uma nova família.

Embora uma célula gere a outra, todas são independentes. Assim deve ser.E os casais não têm feito isso. As pessoas se casam, se unem, e continuam ligadas ao cordão umbilical familiar. O que deveria ser bênção torna-se então fardo, pois os casais não possuem independência necessária para viverem a própria vida, assumirem as próprias responsabilidades.

Os filhos são educados muitas vezes com forte influência dos avós e todo mundo acha isso muito natural. Mas os avós têm na verdade outro papel nessa mesma história, o de educar filhos eles já cumpriram. Em francês diz-se que "os pais são para educar e os avós para mimar." Geralmente o contrário tem acontecido.Muitos casamentos se desfazem por causa dessas coisas.

O homem considera que sua família (seus pais e irmãos) são mais importantes e por seu lado a mulher faz o mesmo. E eles se esquecem que, sozinhos, formam uma família à parte. E isso sempre gera conflitos.

Como é gostoso ter uma família! E se reunir para Natal, Páscoa e aniversários. Se apoiar nos momentos de dor e se alegrar nas horas felizes. Mas que cada família respeite a individualidade da outra. Que cada uma tenha uma existência independente. Ouvir conselhos dos pais é bom, mas deixá-los decidir não é saudável.

Um casamento é o nascimento de uma nova família. Cheia de incertezas pela frente, com muito para aprender, mas respirando sozinha. Enquanto as pessoas não compreenderem isso, teremos uma sociedade doente.

Só existe um meio, uma cura: o amor! Dos pais para darem liberdade suficiente às famílias nascentes, e dos casais para que aprendam a caminhar sozinhos.

A base no fundo é sempre uma coisa: o Amor!

A graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo seja com todos vós. Amém. 2 Coríntios 13:14.

terça-feira, 19 de agosto de 2014

Mensagem do dia: A importância da Família na sociedade

É grande a importância da família para a construção de uma sociedade estruturada, saudável e equilibrada.

A família continua sendo sem dúvida a base. Se a base for desestruturada, automaticamente estaremos construindo uma sociedade doente e desequilibrada.

A influência exercida pela família determina o estilo de uma sociedade. Infelizmente podemos observar uma sociedade com visões distorcidas, e a consequência disto é uma geração que não conhece o que é o amor, que não acredita nas pessoas, que não respeita o ser humano, uma sociedade desonesta, egoísta, individualista, que passa em cima de tudo e de todos para alcançar seus objetivos, mesmo que tenha que matar, roubar, mentir, extorquir.

Vivemos em uma sociedade que se intitula livre, jovens que dizem estar desfrutando de uma liberdade conquistada. Falam-se muito em direitos, mas esquecem dos deveres. Quanta falsidade. Com muita tristeza, observamos nossos jovens presos em suas emoções, em busca de preencher seus vazios interiores enveredam pelas drogas, vícios, prostituições, violências, roubos, assassinatos. Existe um grito abafado de socorro em suas gargantas, que não estamos sabendo discernir, e deturpados seus pedidos e não conseguimos entendê-los. Culpamos o sistema, o governo, os outros, mas esquecemos de olhar para a nossa grande responsabilidade neste processo.

Pais que dão tudo em termos materiais, mas não sabem dar a si mesmo. Não se dialogam, não tem tempo de qualidade uns para com os outros. Falam-se muito de crianças abandonadas nas ruas, mas esquecem que as crianças estão sendo abandonadas dentro dos lares, entregues as babás eletrônicas que tem sido responsáveis pela educação dos filhos, estamos transferindo nossas responsabilidades de educarmos para a TV, internet, jogos eletrônicos, transferimos nossa responsabilidade de transmitirmos valores morais, éticos, sociais para a escola, para os professores. E depois não compreendemos o motivo que tem levado nossos jovens para o submundo dos vícios.

Enchemos nossos filhos com atividades, para que eles não tenham tempo de perceber nossa falta. Depois não entendemos o motivo que eles se tornam indiferentes a nossa companhia quando estão na fase de adolescência ou adultas. Pessoas egoístas reproduzirão filhos egoístas, individualistas. Casais que desaparecem em função dos filhos, casa onde os filhos não tem limites, fazem o que querem, mandam e desmandam.

É realmente caótica a situação que estamos vivendo, nos causa um certo temor, mas não podemos entregar os pontos, precisamos tomarmos posições, e cada um fazer a sua parte, para juntos construirmos um mundo melhor. Depende de mim e de você construirmos um futuro melhor. O melhor instrumento começa com o seu exemplo.

Pois o tipo de treinamento que os nossos filhos obtiverem no lar, há de determinar o tipo de pessoas que eles serão no seio da comunidade, determinando o caráter deles. É no lar que se aprende o respeito pelo próximo, bons hábitos, amor, lealdade, honestidade. Se isto não existe dentro de sua casa, automaticamente não haverá na sociedade onde vivem.
O lar molda o caráter, pode dar o senso de segurança ou não, onde ajudará a criança desenvolver a sua personalidade.

Famílias que sabem o valor da fidelidade primeiro com Deus e depois com o seu próximo. Sabem o valor do respeito ao ser humano.

Cada um fazendo a sua parte como investimentos na construção de famílias equilibradas, lares felizes, casais realizados.

Temos uma grande responsabilidade, e uma grande missão a cumprir aqui na terra. Precisamos não somente pregar o evangelho, mais do que isto, precisamos viver o evangelho. Evangelho que não traz transformação e mudanças de atitudes é uma mentira, uma hipocrisia.

Família é um projeto de Deus. Ele foi o seu criador. E nós temos a obrigação de cooperar com Ele na sua preservação.

A graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo seja com todos vós. Amém. 2 Coríntios 13:14.

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Mensagem do dia: Viver em família ainda é possível

Todos os dias há inúmeras notícias sobre famílias seriamente abaladas e até destruídas, seja por tragédias ambientais, quando vemos um homem chorando a morte de esposa e filhos num deslizamento, ou seja, por tragédias sociais como desemprego ou hospitais desaparelhados e sem profissionais competentes até para fazer um simples parto.

Há, também, as tragédias pessoais, como a da família envolvida na morte da menina Isabella Nardoni.

Isso, sem falar das tragédias silenciosas que não ganham a mídia, como divórcios, abandonos, adultérios, violência doméstica; pais que não exercem seu papel de cuidadores por negligência, irresponsabilidade, omissão, desequilíbrios emocionais; filhos rebeldes que desacatam e desrespeitam seus pais, professores e qualquer figura de autoridade; idosos destituídos de seus papéis de avôs e avós e acabam sendo abandonados em asilos.

Não existem famílias perfeitas.

A família, idéia perfeita de Deus, foi corrompida junto com toda Sua criação, por causa da desobediência do primeiro homem.

Adão e Eva formam a primeira família imperfeita. O primeiro assassinato se dá nesta família, com Caim matando o irmão Abel, por ciúmes e inveja!

Tanto as famílias representadas na Bíblia, quanto as destes tempos pós-modernos apresentam as mesmas disfunções: favoritismo em relação aos filhos, adultério, mulheres abandonadas, papéis invertidos, rebeldia dos filhos, omissão dos pais, manipulação, conflitos, mágoas,,,

Mas há solução.

A família centrada em Jesus torna-se um dom a ser desfrutado, um espaço de restauração e a fonte de amor verdadeiro que assegura o pleno desenvolvimento da singularidade humana, tal como o Senhor nos projetou para ser.

“Se o SENHOR não edificar a casa, não adianta nada trabalhar para construí-la” (Salmo 127:1).

Deus precisa estar no centro do núcleo familiar e no coração de cada pessoa. Sua verdade precisa ser experimentada para termos força e coragem para combater o orgulho, o egoísmo, o desamor, a irresponsabilidade e o desrespeito. O arrependimento precisa ser vivenciado pelas pessoas, desafiando-as a buscar a Deus, porque só Ele transforma o coração.

A graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo seja com todos vós. Amém. 2 Coríntios 13:14.